27 de setembro de 2010

Estrela

 Ele: O seu pai é uma estrela. 
Ela: Não é, não. 
Ele: É claro que é! Ele morreu, não morreu?
Ela: Não.
Ele: Mas você me disse...
Ela: Ele ainda mora no meu coração.
.   .   .

6 comentários:

Thayná disse...

Lindo, é pequeno, mas significativo para muitos que já perderam alguém.

Aline Camilo disse...

nossa, muito tocante! *-*

sucesso.
lindo o seu blog.
beijos

Carina disse...

Oun que lindo flor!
Ameu seu blog.
Sucesso
Beijos
seguindo
http://amoreseanseios.blogspot.com/
visita?

mila disse...

awn, que amor :3

Thais Cristina, disse...

ownt *-* muito fofo!

juliane-bastos disse...

kiiiiiiiiiiii meigooo *-*

adoro aqui :D