12 de junho de 2011

[...] alguma coisa sobre rosas [...]

Nenhuma rosa é completa sem seus espinhos - um amante deve espetar seus dedos, deixá-los sangrar, antes que a rosa chegue às mãos de sua amada;

Nenhuma rosa deve ser entregue em um buquê - deve ser especial sozinha, sem precisar de complementos;

Nenhuma rosa chegará as mãos da moça enquanto ela estiver acompanhada - deve ser entregue quando ela estiver sozinha em seu quarto, com tempo de sobra para pensar em seu amado;

Nenhuma rosa será considerada incompleta - a moça deve olhá-la e suspirar, sem nunca pensar que ela deveria estar acompanhada de outras;

Nenhuma rosa deixará de ser vermelha - será sempre da cor da paixão, da encomenda à entrega; será cor de sangue vivo, como aquele que corre pelas veias do apaixonado;

Nenhuma rosa será entregue em outro dia que não seja o dos namorados - virá sempre acompanhada de um bilhete, na data marcada, contendo apenas três palavras: "eu te amo"; fora isso, mais nada;

Nenhuma rosa será enviada em vão.

FELIZ DIA DOS NAMORADOS ♥

Tchucos', não pude deixar de passar por aqui num dia especial desses. Fiz um texto bem meia-boca, mas que é engolível. Espero que desculpem minha falta de inspiração para um dia lindo desses. Beeijos e feliz dia dos namorados pra vocês s2

3 comentários:

Italo Stauffenberg disse...

leeti, quanto tempo!

feliz dia dos namorados!

^^

Carolina Hermanas disse...

Já escutou uma música da Miley Cyrus que se chama em português " Toda Rosa Tem Um Espinho"? É lindo e explica bem esse texto :)


beeijão <3

Nathália Oliveira disse...

Olá, Letícia! Estava no Google procurando algo sobre rosas (especificamente sobre textos) e achei seu blog, rs. Amei demais! Na verdade, estava procurando inspiração, pois estou fazendo um sobre esse tema. Se você gostar, leia o meu também! Se aprovar, está convidadíssima a seguir! Muitos beijos! s2